Definição de Arte (Aires Almeida)

Compêndio em Linha de Problemas de Filosofia Analítica (2014)
João Branquinho e Ricardo Santos (eds.)
Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa
Este artigo visa caracterizar o estado da discussão actual sobre a definição de arte, procedendo a uma avaliação crítica das principais teorias em cena. A ideia a partir da qual se estrutura o artigo é a de que as definições de arte nem sempre têm em vista responder ao mesmo tipo de problema, dado que algumas definições apenas procuram um critério de identificação de obras de arte, sendo esta uma questão primariamente semântica, ao passo que outras visam dar uma explicação da natureza da arte, que é uma questão primariamente metafísica.

Palavras-chave: Identificação da arte, natureza da arte, definições institucionalistas, definições funcionalistas (da arte), esteticismo
The aim of this paper is to characterize the contemporary debate on the definition of art and to assess the main theories contended in the philosophical arena. The basic idea of this paper is that definitions of art tend to answer to two different kinds of problems: some of them just have in view a criterion to identify works of art, which is primarily a semantic issue; others aim to explain the nature of art, which is primarily a metaphysical issue.

Keywords: Identifying art, nature of art, institutional definitions, functionalist definitions (of art), aestheticism

Conteúdo

1. O problema: linguagem ou realidade?
2. Tipos de definições
3. Definir arte: cepticismo
4. Identificar obras de arte: definições nominais
5. Explicar a natureza da arte: definições reais
6. Meta-teoria: o que uma definição deve incluir?